DestaqueEducaçãoGongogiKaçuloPolitica

GONGOGI: Funcionários públicos ficam sem salários no natal e prevê um ano novo amargo

Professores e demais funcionários ficaram sem salários no Natal (Foto: Divulgação/facebook)
Professores, demais profissionais da Educação e uma grande parte do funcionalismo público do município de Gongogi, a cerca de 389 km da capital baiana, ficou sem dinheiro neste Natal. O motivo é o salário que não foi creditado na conta dos servidores da Prefeitura, até a última terça-feira (25), conforme informações recebidas pelo Portal Gongogi.
 
“Estamos desesperados, com a mão na cabeça sem saber o que fazer… Já vão completar dois meses sem receber salário. O natal passamos sem dinheiro e parece que o ano novo vai ser do mesmo jeito… Eta prefeito sem coração, viu!”, reclamou um dos funcionários da administração que tem receio em revelar o nome.
 
Em nota em sua página do facebook, a APLB Sindicato expressa sua indignação a má gestão do prefeito Edvaldo dos Santos, o Kaçulo e a Secretária de Educação, Maria de Fátima, “Amanhã, sexta-feira, é o último dia útil do ano de 2018 para pagamento de vencimentos. Esperamos que eles resolvam essa situação, pois está difícil conviver com tanta falta de respeito em Gongogi. Caso a Prefeitura não pague os nossos vencimentos e gratificações, além das providências judiciais que estão sendo tomadas, faremos uma grande manifestação nesta passagem do ano e contamos com apoio da comunidade que sempre tem nos dado força para vencer os desafios”, diz a publicação.
 
Há informações que a prefeitura de Gongogi não paga o décimo terceiro a maioria dos funcionários desde o ano passado e ainda deixou uma parte de servidores sem dinheiro há quase dois meses. (Portal Gongogi)
Ouça também a Rádio Web Gongogi FM baixando o aplicativo no seu celular.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
%d blogueiros gostam disto: